Notícias

A+ A A-

11/10/2017

PALAVRA DO PRESIDENTE - "Por um Corecon-SP descentralizado, plural e democrático"

Compartilhe nas redes sociais  

PALAVRA DO PRESIDENTE

 

Acompanhe a nova comunicação aos Economistas do Presidente do CORECON-SP Manuel Enriquez Garcia  -  11/10/2017

 

"Por um CORECON-SP descentralizado, plural e democrático"

Colega economista,

Nas gestões dos Presidentes Heron do Carmo, Marco Antonio Sandoval de Vasconcellos e na nossa, agimos visando um projeto de sobrevivência do nosso conselho ao longo das próximas décadas. Os dados referentes a nossos inscritos mostram que uma proporção significativa formou-se entre as décadas de setenta, oitenta e noventa. Isso quer dizer que, na próxima década, teremos um elevado percentual de colegas na faixa de 65 a 70 anos, sendo que alguns terão partido para o oriente eterno, embora a grande maioria estará conosco na qualidade de remido.

Isto posto, na próxima década teremos uma forte redução nas receitas oriundas das anuidades, porém, o mesmo não ocorrerá com as despesas devido ao fato de que elas dependem da trajetória dos gastos com pessoal e terceiros, ou seja, dos dissídios e da taxa de inflação.

O Conselho Regional de Economia de São Paulo, como é do conhecimento de todos, é uma autarquia federal, regida pelas normas emanadas do tribunal de contas da união, que recebe de nosso Conselho, de acordo com a lei de acesso à informação, todos os dados referentes ao pessoal contratado - nome, ocupação e salário, relativos a todas as licitações, convênios e pagamentos realizados. E todas as últimas gestões tiveram suas contas aprovadas. Desse modo, nada está pendente nos altos postos da administração pública.

Assim, para garantir a sustentabilidade de nosso conselho, agimos tal qual “José do Egito”, certamente o primeiro economista conhecido na história, pois na gestão do professor Heron do Carmo adquirimos imóveis que mais que triplicaram de valor; geramos superávits operacionais que culminaram com aplicações que superam hoje mais de R$ 10.000.000,00 (dez milhões de reais).

Tenha certeza, colega economista, que seu dinheiro está sendo bem aplicado !

Temos trabalhado de forma descentralizada, plural e democrática, respeitando que nossa categoria é diversa no pensamento econômico. Assim, junto com todos os colegas conselheiros, delegados regionais, distritais e municipais, queremos que o Conselho continue forte e nossa profissão valorizada. Pronto chegando aos 300 delegados municipais e distritais, que realizam visitas periódicas em instituições privadas e públicas municipais objetivando aumentar a empregabilidade da nossa profissão através de concursos públicos. Eles também atuam em nome do nosso conselho visitando escolas de segundo grau, ministrando aulas de educação financeira.

Temos muito trabalho a realizar em defesa de nossa profissão. Mas, somente juntos, teremos condições de manter prestigiada e empregada nossa categoria.

Nosso Conselho precisa de seu apoio para garantir a sustentabilidade futura.

Seja mais um delegado municipal em sua cidade!

Prof. Dr. Manuel Enriquez Garcia – Presidente do CORECON-SP

 

Voltar Imprimir

Preencha o formulário e atualize o seu cadastro no CORECON.